O Sol se despediu não tem dez minutos. Caminho pelas ruas da capital americana seguindo um fluxo migratório constante. Vinham de todas as direções. Jovens, crianças e adultos atravessam as quadras e se posicionam em linha nas duas entradas do jardim. É tarde de jazz em Washington DC. Uma vez por semana, sempre às sextas-feiras, a comunidade se une após o expediente com canecas em punho ao redor do palco montado na beira do lago. Ambiente familiar regado à cerveja e sangria. Sentados no chão, todos contemplam a arte. Arte de viver em paz ao som de boa música.

Anúncios