Quem mora no Rio de Janeiro já sabe: estar na Linha Vermelha, sentido centro, até as 10h da manhã é algo, simplesmente, que não se deve fazer. Pois bem. Fiz. Me lasquei!! Deixei meu humor por lá. Qualquer dia volto – em outro horário, claro – para resgatar o dito-cujo. Entre uma folheada e outra no jornal e uma twitada na rede, observei o ritmo frenético das motocicletas rasgando o asfalto. Tentei fotografar algumas. Reparem que na segunda foto a bicha estava tão rápida que não deu tempo de marcá-la no retrovisor.

Anúncios