Fim de semana de curtas no subúrbio. Segundo os organizadores do evento, trata-se do mais “famoso-desconhecido” Festival de Documentários do Rio de Janeiro. Sábado vai rolar um churrasco regado a biritas e com direito a encontros de diretores, cineastas e produtores brazucas lá em Marechal Hermes. No grupo, Pablo de Moura com a obra “Hernani Pavaneli”, “Homem das mil formas”, de Ronald Souza e Adriana Simeone e ainda “Bispo da Maré”, sob minha direção. Em breve, aqui no blog, disponibilizo alguns curtas e trechos dos filmes.

Viva o cinema brasileiro!!