O mundo está novamente reunido a favor – ou contra – as mudanças climáticas. Desta vez, o palco foi montado na Dinamarca. Já teve racha entre países em desenvolvimento, atritos entre ricos e pobres, dossiês revelados à imprensa e, é claro, muita conversa para pouca atitude. Kioto já está na mira dos votos pela extensão de prazos e metas do acordo pelo clima esboçado em 92, no Brasil, e firmado em 97, no Japão.  Basta! Vamos ver o que vem pela frente com os relatórios desta semana. Abaixo, os primeiros da fila do Aquecimento Global.