adrianoRonaldo_Corinthians1

 

 

 

 

 

 

 

Na corrida por uma vaga no grupo que vai para África do Sul no ano que vem, Adriano larga na frente de Ronaldo. O imperador da Gávea tem agora uma ótima oportunidade de mostrar ao técnico Dunga que merece um lugar ao Sol. São dois jogos com Argentina e Chile e, se depender do retrospecto do verdadeiro atacante e torcedor rubro-negro contra os hermanos argentinos, o sucesso é garantido, afinal, os fãs do bom futebol se lembram bem da conquista da Copa América de 2004 e da goleada na Copa das Confederações em 2005, antes do Mundial da Alemanha. Em ambas as partidas, Adriano foi decisivo.

Abaixo, as provas do elogio deste que vos escreve. Peço observação especial para a narração do segundo jogo.

 

 

Anúncios