Essa eu recebi do meu pai, um típico apaixonado pela Fórmula 1.  Pra quem gosta de velocidade, este city tour parisiense é um convite e tanto, mas antes de assistir o filme, vale conhecer a história abaixo.

“Em agosto de 1978, o cineasta francês Claude Lelouch montou uma câmera giroscopicamente estabilizada na frente de uma Ferrari 275 GTB e convidou um amigo, piloto profissional de Formula 1, para fazer um trajeto no coração de Paris à maior velocidade que ele pudesse. A hora seria logo que o dia clareasse.
O filme só dava para 10 minutos e o trajeto era de Porte Dauphine, através o Louvre até a basílica de Sacre Coeur. Lelouch não conseguiu permissão para interditar nenhuma rua no trajeto.
O piloto completou o circuito em 8:40 minutos, chegando a 324 km por hora em certos momentos. O filme mostra ele furando sinais vermelhos, quase atropelando pedestres e entrando em ruas de mão única na contra-mão.
Quando mostrou o filme em publico pela primeira vez, Lelouch foi preso. Ele nunca revelou o nome do piloto e o filme foi proibido, passando a circular só no underground. Se você não viu ainda o clássico, prenda a respiração…”