Em novembro do ano passado, estive na Alemanha para una reunião sobre um projeto de conscientização ambiental ancorado por três emissoras de TV. Ao lado da pedagôga e supervisora de conteúdo do Canal Futura, Débora Garcia, debati com representantes da ZDF, uma TV pública alemã, e da Dragon TV, da China.

A proposta é fazer um grande evento de mobilização em três países: Brasil, Alemanha e China. Um dia para rever nossos padrões de consumo e propor novos modelos de desenvolvimento humano capazes de diminuir os impactos na natureza.

A ideia é boa, mas com desafios enormes. Brasil, Alemanha e China são nações com diferentes perfis ambientais, estágios de conservação e políticas públicas no setor. Por exemplo: o maior problema brasileiro no que diz respeito ao aquecimento global é o desmatamento na Amazônia. Por outro lado, nossa matriz energética, baseada na água, é considerada limpa, nossos programas com biocombistíveis são referência para o mundo. Isso sem falar na biodiversidade, reciclagem, água doce e outros recursos e projetos que  geram cobiça internacional e dor de cabeça para governo e sociedade manterem no rumo certo.

Na China, país que junto com os Estados Unidos  é o maior emissor de poluentes na atmosfera, os temas meio ambiente e sustentabilidade ainda não fazem parte, de fato, da pauta governamental, nem do dia-a-dia dos chineses. Pudera. Com uma economia que até 2008  crescia mais de 10% ao ano e, mesmo com a crise financeira internacional, deve continuar galopando na casa dos 6%, o número de fábricas e chaminés não deve diminuir tão cedo, assim como a poluição.   

A Alemanha, mentora da proposta, é considerada uma das nações mais evoluídas na temática ambiental. Por lá, legislação e postura do cidadão são exemplos, mas também enfrenta problemas, como o descarte de lixo tóxico e lâmpadas fluorescentes. 

Enfim, no segundo semestre de 2009 será realizado o GREEN DAY – o dia verde – e as emissoras destes três países irão rechear suas grades de programação com noticiários, filmes, documentários, entradas ao vivo e muito mais. Tudo para sensibilizar você de que um novo mundo é possível e depende cada vez mais de cada um de nós.

Veja um pouco dos bastidores do encontro em Mainz – Alemanha.

 

 

leia+

www.futura.org.br

www.zdf.de

Anúncios