Os chineses assumiram para o mundo que poluem tanto quanto os Estados Unidos. O que pode parecer uma simples confissão do governo daquele país, que não conhece a palavra democracia, é o primeiro sinal de possíveis mudanças em políticas públicas na área ambiental. Não fazer nada agora vai custar muito mais caro daqui a 50 anos quando os efeitos das mudanças climáticas serão maiores. Vale conferir se os Estados Unidos e suas milhões de toneladas de CO2 emitidas na atmosfera terão outra postura com o novo presidente democrata… enfim, sabemos que toda grande revolução começa com o primeiro passo e que talvez este seja o mais difícil. 

leia+

www.oeco.com.br